16/11/2012


E depois existes tu. Tu que me tratas como uma princesa. Tu que me olhas da maneira mais bonita do mundo. Tu que me tiras fotografias sem eu saber, e captas sempre o melhor de mim. Tu que me fazes rir, a toda a hora. Tu que me vens buscar a uma sexta-feira e fazes com que o meu fim de semana comece da melhor maneira possível. Tu que fazes com que eu saia da minha zona de conforto e vá a lugares que nunca imaginei. Tu que me chamas bebé num minuto e parva no outro. Tu que adivinhas o que eu penso, e deixas que eu saiba o que vais dizer. Tu que não deixas que amue contigo. Tu que me explicas tudo o que eu quiser, e o que não quiser também. Tu que gostas de mim, que mo demonstras todos dias e fazes com que eu me sinta mais feliz que nunca.

16 comentários:

  1. Que esse amor nunca se perca, nunca!

    ResponderEliminar
  2. Este teu texto está fantástico :)

    ResponderEliminar
  3. ele ontem depois de estar comigo teve um acidente à ida para casa numa curva, não conseguiu segurar o carro e capotou :/

    ResponderEliminar
  4. só tem uns arranhões mas isso passa. apanhou um susto do tamanho dele, até eu apanhei só de ver o estado em que o carro estava quando lá cheguei.. nunca o tinha visto a chorar assim :s

    ResponderEliminar
  5. Vai assim que conseguias, é sem duvida maravilhoso *

    ResponderEliminar
  6. Descobri agora o teu pequeno cantinho e oh, como estou apaixonada por ele. Adorei este texto, escreves lindamente.

    ResponderEliminar
  7. pois, o importante é que ele está bem. os sustos passam e só o fazem aprender. passei a tarde com ele, fomos ver o carro e ele quase chorou a ver como tinha ficado, mas pronto. estou aqui para o apoiar :)

    ResponderEliminar
  8. que te trate sempre como uma princesa,porque mereces

    ResponderEliminar
  9. o problema é que ele isola-se muito quando está triste. aliás, hoje é sábado, estou com ele há 9 meses e é a primeira vez que ele me diz que não quer sair de casa nem para vir ao café. está mesmo em baixo e eu sem saber o que fazer :(

    ResponderEliminar
  10. e é quanto basta para sermos felizes. alguém assim...

    ResponderEliminar
  11. tenho que ser forte e dar-lhe força. ainda hoje ele me disse que se tinha deixado ir a baixo e até me disse "tenho saudades do meu carro, se para muita gente o que custa depois de um acidente é ficar sem meio de transporte, a mim custa-me isso e também o facto de ter sido o carro de que eu tanto gostava", mas as coisas vão passando com o tempo e vai tudo melhorar :)

    ResponderEliminar

Comentários